• Marina Lacerda

Como cuidar da sua bicicleta em cidades litorâneas?

Descubra quais aspectos influenciam na vida útil da sua bike e o que você pode fazer para aumentar a sua durabilidade


Se você mora em uma região litorânea ou ama viajar para a praia, provavelmente já conhece o fenômeno da maresia. Mas você sabia que ele pode prejudicar a conservação da sua bike?


Isso acontece porque a maresia, formada por gotículas de água e sais vindos do mar, é responsável por corroer metais como o ferro, muito utilizado na produção de bicicletas.





Para te ajudar a proteger a sua bike, a nossa equipe listou o que você deve considerar na hora da compra e quais são os cuidados essenciais para evitar desgastes precoces!


Confira abaixo as nossas principais dicas:


1. Prefira materiais de baixa oxidação


Quando você for escolher a sua bike, fique atento ao material do quadro e seus componentes principais. Aqueles que oxidam com mais facilidade, como o ferro, podem diminuir a vida útil da sua bicicleta por enferrujarem mais rapidamente.


Por isso, opte por bicicletas fabricadas com peças de alumínio ou titânio - já que elas são mais resistentes à corrosão.


A maioria das bikes BLITZ possuem peças produzidas em alumínio ou aço inox. Dessa forma, nossos modelos se adequam bem à vida em cidades litorâneas.


2. Cuidado com a areia


A areia pode causar tantos danos quanto a maresia, porém esses danos não se limitam à oxidação! A areia pode penetrar nas engrenagens, rolamentos, corrente e dentes, o que gera atrito entre os elementos dessas peças e atrapalha o seu funcionamento correto.


Com o intuito de contornar esse problema, lave a sua bicicleta de vez em quando, ficando atento para não molhar as partes móveis, como o movimento central. Se você possuir uma e-bike, precisa ter cuidado redobrado com a água em seu sistema elétrico para não estragá-lo!


3. Invista em produtos específicos


Peças como os parafusos, raios, niples, correntes e cabos de aço nem sempre são produzidos em materiais inoxidáveis e por isso devem receber uma atenção especial.


Os parafusos, o canote e o movimento central podem ser revestidos com parafina e lubrificantes de silicone. Para a corrente e a transmissão, invista em lubrificantes com ação teflon.


Já para proteger os niples, raios e a estrutura da bicicleta como um todo, o ideal é utilizar um bom desengripante.


As bikes da BLITZ já são fabricadas tendo isso em mente! Por isso, os nossos modelos possuem raios de aço inox, canotes em alumínio, movimento central selado e alguns modelos também possuem parafusos inoxidáveis.


Mas é importante alertar que até mesmo o quadro de alumínio enferruja quando não é bem cuidado! Nas opções de aço carbono, a pintura eletrostática inibe a oxidação, porém, caso haja um arranhão na superfície, é importante fazer o retoque para manter a proteção.





4. Proteja a sua bike na hora de guardar


Ao final dos passeios, é importante guardar a sua bicicleta de forma adequada, visto que mesmo ela sendo alocada em uma garagem, pode continuar exposta à maresia.


Portanto, dê preferência a lugares fechados e opte por usar uma lona ou capa para protegê-la.


5. Faça manutenção com frequência


Se você mora em alguma cidade litorânea, recomendamos levar a sua bike para realizar uma revisão a cada 3 ou 6 meses, dependendo do ritmo de uso.


Assim você garante uma manutenção com profissionais qualificados que poderão identificar a ocorrência desses desgastes e garantir que a sua bicicleta continuará funcionando perfeitamente e de forma 100% segura.



Essas são as nossas recomendações para você conservar a sua bicicleta, principalmente se você mora ou frequenta cidades litorâneas. Assim, você poderá pedalar na beira da praia sem medo de danificar a sua bike!


Nós esperamos que esse artigo tenha sido útil para você que também ama curtir o litoral!


Você tem alguma outra dica que precisamos conhecer? Compartilhe com a gente aqui nos comentários!



Posts recentes

Ver tudo